quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

formspring.me

VOCÊ JÁ PAROU PRA PENSAR QUE VÁRIAS MENINAS DO TWITTER SONHAM COM VC ? VC JÁ SONHOU COM ALGUMA MENINA DO TWITTER ?

Espero que seja um sonho bom.
Vcs sao tudo pra mim, minhas namoradas, meus amores platonicos, meus fetiches, minhas "dilicias", minhas confidentes, minhas amantes...
Com certeza vcs nunca saem do meu pensamento.
<3

Podem Perguntar qualquer coisa. ;D

formspring.me

Você acha que o Saulo teve sorte em ter te encontrado ou você que teve sorte de te-lo encontrado, ou nenhum dos dois foi simplesmente acaso do destino ?

Acho que foi um plano mirabolante do destino.. kkk
Pq eu encontrei ele em Mato Grosso e eu ja estava morando em Sao Paulo... e ele estava precisando de ajuda em Sao Paulo e entao me dispus a ajuda-lo como irmao e tudo deu certo dediquei 5 meses da minha vida pela vitoria dele no Idolos e estou realizado por ele ter conseguido seu sonho.

Podem Perguntar qualquer coisa. ;D

formspring.me

Emocionalmente falando, do que você tem mais medo? Ex: Medo de perder alguém que vc ama, ou medo de morrer e não fazer tudo oq gostaria de fazer, etc. Espero que entenda a pergunta! (:

Meu unico medo era morrer antes de escrever meu livro pq e como se fosse uma divida com a vida.
Uma vez eu tive uma sindrme do panico, foi detestavel eu nunca tive medo de morrer mas te digo se eu tivesse morrido no dia te garanto que a sensacao seria melhor do que a de ter a tal sindrome.

Podem Perguntar qualquer coisa. ;D

formspring.me

Oi Dú!Referênte ao livro de romance que vc me falou. O que levou você a escrever um livro desse tipo? qual foi sua inspiração? Beijos!

Eu sempre tive um grande problema quanto a isso. Pq eu sempre me senti em divida com a vida, sempre escrevi poemas devo ter poemas aos milhares, mas sao meus e eu nunca quis publicar nada e nem vou talvez quando eu morrer algum publique tudo.
E no ano passado, passei por um depressao fodastica, depois de algumas coisas que aconteceram na minha vida, entao consegui me levantar e minha vida se transformou completamente depois de muita meditacao e me auto descobrir.
Foi entao que decidi dar um presente ou pagar minha divida com a VIDA, entao escrevi o livro de uma vida, ou livro que pode transformar as pessoas e levar as pessoas a terem um novo olhar sobre a vida.
Obrigado pela pergunta.

Podem Perguntar qualquer coisa. ;D

formspring.me

você acredita em Deus ?

No Deus da religiao nao.
Acredito em outra coisa, outros valores, algo mais leve e distinto... sem a imposicao do "medo" ou coisa do tipo.
Deus e muito mais que que o estraga prazer que ta esperando todo mundo no fim da festa com uma regua grande pra dar na nossa bunda... kkk
;D

Podem Perguntar qualquer coisa. ;D

formspring.me

Quantas formas de amor vc acredita que existe?

IXI
Inumeras formas, mas todas baseadas em paradigmas que vivemos.
Amor de verdade mesmo poucas pessoas ja puderam conhecer.

Podem Perguntar qualquer coisa. ;D

formspring.me

Qual a sua religião??

Ha muito tempo descobri q a religiao
Esta mais "presente" dentro de nos mesmos do que em qualquer igreja ou credo
Se vc se olhar, se vc meditar e se "observar" vai perceber "Deus", "Forca Divina" ou "Consciencia" chame como quiserem mais forte e mais viva do que em qualquer lugar.
Nos somo Deuses, eternos bailarinos, criancas aprendendo a nos descobrir nessa nova "casca"
Muito obrigado pela pergunta

Podem Perguntar qualquer coisa. ;D

formspring.me

Acha que realmente existe amizade entre homem e mulher?

Sim acredito.
Acredito tenho varias amigas, algumas ate sao tao amigas que nao tenho vontade alguma de ficar com elas.
Outras mulheres que ja tive relacao tambem ainda sigo com amizade mais forte que tudo.
Acho que sexo nao estraga amizade quando vc nao deixa as "NEURAS" atrapalharem.
E so ter a cabeca aberta.
;D

Podem Perguntar qualquer coisa. ;D

formspring.me

Com o tempo sabemos como a pessoa é,como é seu jeito.Pelo pouco q te conheço,pode se dizer q é perfect,ñ por ser Lindo,claro que isso contribui,mais ñ é tudo.É vc ser maravilhoso pela pessoa q é por dentro e pelo oq vc tem a oferecer.Pense sempre Nisso!

ooo linda muito obrigado de coracao pelas tuas palavras.
Eu tento transmitir tudo que eu ja aprendi com a vida e do que li e do que pude vivenciar pra todo mundo porque acredito que alguma coisa que eu diga possa se encaixar em alguma situacao que alguem esteja vivendo, e se eu puder ajudar ao menos 1 pessoa que seja ja sou uma pessoa mais que realizada.
<3

Podem Perguntar qualquer coisa. ;D

formspring.me

você tem algum ídolo ?

Nao tenho.... ate tinha quando era crianca...
Mas descobri que todos estao fadados ao erro
Tenho outra visao hoje em dia para qualificar uma pessoa, eu sou muito espiritualista, medito todos os dias e a maioria das coisas as quais eu dava valor antigamente, nao fazer mais sentido algum pra mim hoje.
Obrigado pela pergunta.

Podem Perguntar qualquer coisa. ;D

formspring.me

O que a mulher temn q ter pra te conquistar?

Como dizia o POETA: uma mulher tem que ter qualquer coisa alem da blza, qualquer coisa de triste, qualquer coisa que chora, qualquer coisa que sente saudade, um molejo de amor machucado.
MULHER!

Podem Perguntar qualquer coisa. ;D

formspring.me

Se é pra falar de amor , tenho que falar de você kkkkk , VOCÊ É ROMÂNTICO ?

Ta melhorando as perguntas kkkk. Sou romantico, carinhoso, gosto que a mulher se sinta bem, que a mulher se sinta "mulher". costumo brincar, que NAMORAR com POETA eh muito bom COMECA em POESIA e termina em POESIA. rs

Podem Perguntar qualquer coisa. ;D

formspring.me

Uma coisa que marcou a sua VIDA?

Quando terminei escrever meu livro.
Chorei e me emocionei muito quando ele estava prontinho

Podem Perguntar qualquer coisa. ;D

formspring.me

Queria gostar e ser correspondida,as vezes nos entregamos demais numa relação enquanto a outra ñ ta nem ai... :(

Isso com tempo aprendemos a virar o jogo. Vc tem que aprender a estar no comando nao se deixar levar pelo sentimento e acabar errando... vc tem sempre que deixar a outra pessoa na duvida, as pessoas gostam mais das pessoas q a detestam do que das pessoas que o amam, por que quando vc ama alguem a pessoa se sente tranquila e fica folgada... geralmente pessoas imaturas sao assim. mas quando vc muda o jogo tudo vai mudah. O AMOR EH COMO UM JOGO DE XADRES. vc quer ganhar ou perder? ;D

Podem Perguntar qualquer coisa. ;D

formspring.me

você já traiu ?

Ja!

Podem Perguntar qualquer coisa. ;D

formspring.me

Voce ja se apaixonou e nao foi correspondido ?

Algumas vezes...
O ser HUMANO eh uma merda geralmente gosta mais das pessoas que as despresa do que das pessoas que realmente as pessoas que a amam...
todo mundo tem que aprender a gostar unica e exclusivamente apenas das pessoas que gostam de nos.
Aprender a deixar apenas pessoas que realmente acrescentem algo a nossa vida... facam parte dela.
;D

Podem Perguntar qualquer coisa. ;D

formspring.me

http://bit.ly/7v4uw9 Fail?

kkkkkkkkkkkkkk a coisa mais engracada que ja vi nos ultimos meses uahuahauhauha

Podem Perguntar qualquer coisa. ;D

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

formspring.me

Manciolli você fez tudo isso pelo Saulo, creio eu em nome da amizade, a amizade de vocês é muito forte? qual seu sentimento?

O Saulo veio pra Sampa completamente sem condicoes e estrutura nenhuma. Entao o reencontrei depois de alguns anos aki em sampa e decidi ajuda-lo, mas o dia que ele me ganhou foi um dia que eu arrumei pro Saulo uma Personal pra vestir o saulo de graca, entao ele ligou dizendo que tava sem dinheiro para chegar no lugar, mas que ele nao iria perder a oportunidade ia dar um jeito de ganhar uma grana pra pegar o METRO, entao depois de algum tempo ele, ligou de novo e disse: eu dei um jeito aqui.
como?
ele disse eu peguei o violao e fiquei cantando na rua pra ganhar algum dinheirinho
passou uma mulher e me deu 5 reais agora to indo pra lah.
quando ele terminou ele nem sabe mas ele me ganhou depois desse dia meu olho enxeu d'agua.

Ask me anything

formspring.me

Se amanhã vc acordasse e estivesse em uma ilha deseta rodeado de canibais fêmeas doidas para lhe comer (literalmente) oq vc faria ?

SERIA um prazer ser DEVORADO kkkkkk

Ask me anything

formspring.me

Você além de escritor é bom leitor ? quantos livros vc já leu ?

Sou otimo leitor, mas confesso que tenho preguica de ler autores brasileiros, e literatura em geral muita gente esquisita escrevendo um monte de porcarias, como a "VERDADE" e te digo nao existem verdades absolutas, odeio auto ajuda e porcarias afins, e gente metida a INTELIGENTE, INTELECTUAL, SABIO. (ja cheguei a ler 5 livros por semana)

Ask me anything

formspring.me

Você chegou a imaginar que todo o carinho dado ao Saulo seria passado da mesma maneira pra você pelas fãs dele que se tornaram suas fãs tbm, como eu? rs

Nao imaginei, eu ja tinha meu publico no twitter muitos nao quiseram seguir o Saulinho... mas incrivel pq da parte do Saulinho muito fas dele me seguiram o que me deixou muito feliz ;D

Ask me anything

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Teus erros são meus

Teus erros são meus,
Minhas luvas são tuas,
Me diz, onde foi que a gente se perdeu,
Me diz, onde foi que a gente se meteu,
Me diz, o que aconteceu,

Um tracejado mal-delineado
Foi o que nos uniu
Desejo, insanidade, destino
Coisas do acaso
Falsetes de nossa cumplicidade

Gestos, carinhos, sorrisos, cheiros e abraços
São coisas que sempre marcam nas relações
Só existe uma fragrância pior que esta
Algo que te consome por dentro
Um vazio e uma falta, não de algo que te completava
E sim de algo que se “encaixava”
Algo que somava em minhas nuances semoventes de viver

Então me diz onde foi que a gente se perdeu
Me diz, o que aconteceu
Me diz, pra onde devo ir
Me diz
Porque, não quero mais fugir.

Eduardo Manciolli

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

O tempo passa lentamente entre um sussurro e outro
a vida segue monótona entre olhares casualmente programados
e lábios pontualmente desgastados

segue assim em lastro e marasmo
com formulas e joguetes previsíveis
mas as vezes e só as vezes
somos presenteados com formulas realmente indescritíveis

pessoas iluminadas, translúcidas na terra
formulas complexas e profundas, que poucas pessoas sabem apreciar e degustar
pessoas nuas e lindamente inseguras

pessoas que movem
o som
a musica
a arte
e a poesia

o caos e a simetria
em seu bailar angustiante de viver
a essência da vida flui em sua veia perimetral
transformando e iluminando a vida das pessoas ao seu redor
simplesmente você "GEMA"

Eduardo Manciolli

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Minha Auto Biografia

    Nascido no interior de Mato Grosso, Barra do Garças, ludibriado com a grandeza das serras e parques temáticos, onde minha única alegria quando criança era jogar bola descalço no asfalto de pedras pontiagudas, na porta de casa, ficava tentando imaginar o que seria quando crescer e sempre me frustrava porque sempre alguém era o bombeiro, o policial, o ator, cowboy, o medico, mocinho ou bandido, eu era no maximo o “libero” como num time de vôlei, a única coisa que eu conseguia imaginar era “fazer algo”, todo mundo tinha um sonho, todo mundo sempre tinha a resposta na ponta da língua e eu sempre engasgava, tentando la no fundo me identificar com algo e nada me vinha, afinal que bosta de sonho de criança era esse “fazer algo”, tinha sonhos grandes e completamente robustos, sem fundo nem causa, sempre a espera de uma mensagem, esperando um “Mensageiro” bater a minha porta um dia e dizer, “Eduardo Manciolli eu vim aqui para te trazer a luz do esclarecimento”.
    Os anos se passavam a porta envelhecia, as roupas já não me serviam, os endereços mudavam constantemente, neste momento a saudade de meu pai “morto por si mesmo” so aumentava, eu me agarrava a paredes gelatinosas esperando encontrar um amigo, um homem mais velho para me espelhar, o tempo passava e minhas expectativas desmoronavam mais rápido do que um castelo de cartas. Passei de escola em escola completamente perdido e ausente, com momentos de extrema euforia e outros que “nem sei”.
    Aos 11 anos de idade senti minha infância escapando pelos dedos, dia 22 de maio de 1995 começava inicio da minha vida capitalista meu primeiro trabalho, minha busca continuava de emprego em emprego das áreas mais variadas tentando me encontrar, percebi com vivencia e maturidade que todos começam a pensar no próximo em algum momento da vida, não era mais so o “fazer algo”, comecei a refletir e o “fazer algo” se tornou “fazer algo pelo próximo”, o tempo passou, as bocas continuavam abertas como passarinhos no ninho a espera da mãe que lhe trás a comida regurgitada, a insatisfação e a cobrança pelo mundo, começava a tomar conta de mim novamente, ajudava sempre, mas a boca nunca cansava de pedir, comecei a imaginar tais pessoas como robôs semi programados para comer e exercer tarefas “mono-sintomáticas”, o ser humano tem que ter algo alem de comida, o ser humano precisava de sustentação, de embasamento mais profundo de si mesmo algo muito alem de comida, decidi devorar a Filosofia, afinal os filósofos poderiam me dar uma resposta, devorei todos os grandes filósofos e pensadores do passado, Platão, Nietzsche, Voltaire, Kant, Jung, Freud, Marx, meus horizontes se expandiram assustadoramente, minha percepção de vida já não era mais a mesma, quando achei que era por demais inteligente, com 19 anos de idade me tornei um velho de 70 anos caxias e de pensamento complexo, devastado por ideologias de inúmeros pensadores, não tinha nenhum rastro de pensamento próprio, uma pessoa sem descobrir a sua própria verdade é como um saco vazio que flutua no vento, sem peso nem causa apenas segue o vento, então Nietzsche único filosofo que não penteava seus cabelos do saco, me deu a luz, eu tinha que matar tudo, ate a mim mesmo, para realmente existir, queimei todo amor próprio, acabei com todos os paradigmas aos quais me recostava desde o berço. Continuei ajudando, o córtex frontal estava completo, mas ainda faltava algo, a alma dessas pessoas continuava esquálida e morta, descobri que a frase mais clichê de todos os tempos tinha algum fundo de verdade “nem só de pão vive o homem”. Então para encontrar respostas enveredei por caminhos que eu nem imaginava, mas eu nunca mais seria o mesmo, estudei todas as ciências, estudei todas as religiões e seitas existentes no mundo, pilhas e pilhas de papeis impressos para todos os lados da minha casa mais de 30.000 paginas estudadas e testadas minuciosamente, Física Quântica, Cabala, Gnose, Espiritismo, Magia Branca, Magia Negra, Candomblé, Cristianismo, Satanismo, Budismo, UDV, eu precisava de uma resposta eu precisava da cura, eu precisava de um remédio, eu precisava de uma “verdade”, penetrei tão fundo, busquei tão longe, vi as cores vivas do universo tão próximo que me achei mágico, no fim nenhuma seita, ciência, religião, tinha uma “verdade”, eram apenas uma junção de coisas e copias delas mesmas, em cada escritura era apenas o grito da alma aprisionada numa “lata” bem decorada, todas as religiões buscavam tão longe uma coisa e nunca perceberam que o grito que eles ouvem é o de sua própria alma querendo despertar, mas todos nós aprendemos desde cedo a imaginar que a cura estava fora, bem longe num céu de diamantes e Deusas gostosas e seminuas.
    Voltei ao meu ninho, e as pessoas continuavam ali com as bocas abertas esperando meu material regurgitado, cai de joelhos em meio a eles exausto, sem comida, sem filosofia para guiá-los, sem a verdade que poderia desperta-las, e com problemas mentais dos mais diversos causados pelas experiências míticas que passei e que poucos seres humanos na terra podem imaginar que existam. Procurei “dentro”, procurei “fora”, procurei em todos os lugares uma só verdade, e estava ali no meu ninho exausto e a dor mais forte que me perturbava, era que “não existiam verdades”, o que eu faria agora? Qual esperança eu lhes daria, precisava ao menos de um analgésico ou palavra de esperança pra eles porque eu não via nada alem de minha própria escalada.
    Eles começaram a se aproximar de mim, me abraçaram forte, e eu desmontei a chorar, a fome havia passado há muitos anos, o “fazer algo” e “fazer algo pelo próximo”, virou “Transformar”, “Transcender” e “Evoluir” percebi isso quando me olharam profundamente nos olhos, pude ver la no fundo a minha dor translucida em suas próprias almas, eles me estenderam as mãos e me deram abrigo. “Dormi” por muitos e muitos meses ate me recompor, a busca havia acabado e assim toda minha força e estabilidade também.
    Acordei aos 26 anos de idade afundado em depressão, escombros e dores que adquiri, me arrastei ate o banheiro, me escorei na pia, olhei no espelho e ali estava alguém que eu ainda não tinha visto, alguém que eu esperava desde criança bater a minha porta, tantas casas, tantas ruas, tantas moradas, esperei tanto tempo por este dia e achei que nunca iria encontrá-lo, e ai ali estava ele na minha frente tão próximo, era ele o “Mensageiro”, então descobri era EU o mensageiro que eu esperei a vida toda encontrar, era eu o mensageiro da transformação, era eu o Escritor. Enfim eu havia me encontrado

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Anna Phaula

    "Algumas pessoas nascem para ser escritor, outros jogador de futebol, outros executivo de alto escalão, outros jornalista, outros vendedor, outros para atrasar a vida da humanidade, outros para salvar o Mundo, outras pessoas são felizes apenas por morar numa chacrinha a beira do rio e pescar todos os dias de manhãzinha, e outras pessoas para amarmos de verdade, mesmo que a "distancia", mas existem pessoas doces e adoráveis como você, que apenas chegam em nossas vidas e não entendemos o porquê ou porque, sem lhe pedir nada, sem lhe perguntar nada, vai se aproximando cada vez mais e quando você menos espera essa pessoa já faz parte de toda a sua vida, então entendemos que realmente na vida algumas coisas não tem explicação, apenas tinha que ser assim, você já faz parte da minha vida, gosto muito de você de coração e mesmo que eu não esteja por perto saiba que sempre vou ser eternamente grato por você ser essa pessoa especial e adorável na minha vida.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Relapso

Berço,... um relapso do caos em tom de afeto..... onde prosta perante a vida tal sublime alma a trafegar... nos momentos insolentes e inconstantes a espera do entardecer e de um novo alvorecer.... que dura...... que passa......... e nem podemos toca-lo com tal precisão tal feto agressivo....... a esperar um porvir mais justo...... um futuro que não lhe preze com destreza..... mas que parta o que tem que se partir....... e divida..... onde o caos habita.... e o afeto clama........Dei vos o de beber....Dei vos...

domingo, 27 de setembro de 2009

Eu, o estudo e o tempo de tudo

Eu, o estudo e o tempo de tudo

A fome e o verso no estudo
O tempo que assombra esse muro
Me veste, me rasga e impele as grades do mudo

Me rendo as raízes do fruto,
Raízes do tempo que assolam meu mundo
Tempo, que com pompa, joga no escuro
Me assemelha, o vento, em dunas, e em tudo

Eu o tempo, do acento, no intento do obscuro
Que o invento não me cai e se quer posso-te em lume

Eu, o tempo do Invento
Eu, o soneto imperfeito
Eu, a obra incompreensível

Eu, a morte do saber, em verdades absolutas
O cego fascinado pelo ópio que lhe rega
Brinquedo, do atento sedento


Eduardo Manciolli

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Desatino

    Quem poderia se quer homiziar... tal qual sublime alma... que me atrai, me destrói, e acaba com minhas convicções, me perco no caminho em meu breve desatino, louco para beijar-te louco por seus lábios, louco para te ver louco para te tocar, mas impávido destino me cerca em meio ao fogo cerrado, e me prende nas grades do destino, e me entorpece para que eu não sinta a distancia que nos separa, ah! Impávido destino, quantas peças já me pregastes e agora me chegas com uma alma tão bela o nome soa mais como uma benção e como incrédulo que sempre fui, sinto que fui presenteado com tal alma e tenho que admitir que tenho receio em tocar sua pele branca e linda que reluz o amor em corações dispersos, e sentir o que quero a tempos, o seu calor para saber que tal alma existe em algum lugar depois do monte e que tal qual beleza que irradia meus dias, não seja só mais uma peça do meu torpe destino.


Eduardo Manciolli

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Seus olhos nos meus

Eu posso ver, seus olhos nos meus,

A fé e o perdão, quero paz quero chão.

Eu posso ter amor sem temor, paixão sem razão,
Ter a luz solução,
Quero o pão e o perdão fiel compaixão,
Um pássaro na imensidão
Só me esvai esse drão.

Eu sem você sou triste sou fel
Sou traço do escracho
Um rabisco um relaxo.

Eu sem você sou só dissabor
Meus rastros me enganam,
Preciso dos teus,
Refaz o meu pranto,
Me ama, me engana
E me faz o teu amo.

Oh! Meu amor volta logo vem sim,
Preciso te ter antes do amanhecer,
Volta logo pra mim, pois eu amo você.


Eduardo Manciolli

domingo, 20 de setembro de 2009

Teu cheiro doce tormento

Ainda sinto o seu cheiro, doce tormento, maldita hora em que quis um pouco de ti, agora vivo assim, com a vaga lembrança de teu rosto, sua pele... Pura seda, e o teu perfume, “doce tormento”, maldita hora...


Das poucas coisas que ficam no vazio do tempo é de como é bom, se lembrar do cheiro da pessoa a qual se apegou.

E digo “maldito cheiro”, amei cada segundo ao teu lado... E vi, que só está vida, não bastava.

Amei cada movimento, naquele jogo tolo do amor.

E levarei o mel de teus lábios, por belas outras “viagens”, a te procurar.

Simplesmente você.

Eduardo Manciolli

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Ator na Vida

Ator na vida, ator na sorte, ator na corte, ator na morte, entre os versos que prestei , entre os versos que surrei, amarras que desatei, amores que inventei dores que forjei acordes que toquei, nenhum som nenhum tom, nenhum dom.


Outrora acordarei, outra dormirei, outrora despertarei do meu sonho amargo, outrora viverei, outrora simplesmente assistirei a assintomática vida tomar cabo de mim.

Dentre as coisas que senti, entre os fatos que corri, os sabores que senti, as mulheres que dormi, as MENTIRAS que ESCOLHI, as verdades que não vi.

Nada soa tão ineficiente e constante quanto, Deus, Homem e a morte



Eduardo Manciolli

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Despertar aos 40 anos

As vezes buscamos tão longe a felicidade.
E nem percebemos que ela vive escondidinha, dentro do peito.

E então nos deparamos com uma foto dessas,
em plena terça-feira, 4 horas da tarde,
você para de escrever e de tudo que está fazendo,
os pensamentos desaparecem, e a única coisa que você ouve,
é seu coração batendo, não forte, mas sim, banhado em saudade,
saudade pelos que já se foram ou que passaram pela sua vida
e que mudaram, mesmo que indiretamente,
e que talvez você nem saiba, mas muitas das tuas convicções hoje,
sejam produto dessa relação.

Saudade da meninez, do tempo, em que o tempo não era "Senhor",
Do tempo em que o tempo não era nada senão o dia e a noite,
Do tempo que apenas ficar sentado à calçada com seus amiguinhos
olhando os carros passarem era a diversão do dia,
Do tempo, aiii!!! O tempo!
Do tempo em que seu avô te pegava no colo e brincava de
"rema, rema, remador" e vocês riam tanto disso,
Do tempo em que ele te olhava fundo nos olhos,
e não acreditava que tinha um neto tão lindo.

E então você olha mais fundo e esquece de todo stress, raiva e ambição
e se sente no corpo de criança, e começa um filme na tua cabeça,
você crescendo, você chegando a adolescência,
um mundo novo para você, das namoradas, e começa a ver tudo
que você imaginava para você no futuro, e é tudo tão diferente, os sonhos...
Aiii! Quantos sonhos, quanta imaginação, quanta pureza, quanta liberdade,
quanta vida.

Então é quando você se pega na véspera do seu aniversario de 40 anos,
no corpo de criança outra vez, e se pergunta....
Será? Será que eu fui justo comigo?
Será que ele gostaria de ser o que eu sou hoje?
Então você levanta, vai ao banheiro, lava o rosto, se olha no espelho,
e percebe aos 40 anos de idade, que você ainda é aquela criança,
aprendendo a viver

Eduardo Manciolli

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Amor machucado

    As vezes o tempo avança e retrocede, as vezes o tempo para e se torna insuportavelmente infeliz, as vezes o tempo sucumbe e a vida se torna instável e inconstante, as vezes tudo que queremos é apertar o pause rebobinar a fita e apagar completamente todas as lembranças , cheiros e fotos, antes mesmo de tentar entender o que aconteceu, ou porque aconteceu, simplesmente voltar ao ponto onde tudo começou, mas desta vez antes de te olhar e me apaixonar perdidamente eu diria não a mim mesmo, não ao conforto de amar alguém especial, não por não te desejar mais ou qualquer tipo de magoa, e sim para não viver mais longe de você, eu apagaria toda e qualquer substancia retrátil de você.
Eduardo Manciolli

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Quanta Dor ( Poema musicado antigo "perda d uma namoradinha" )

"Quanta dor, me assola nesse instante

Meu amor, desse traço faço um verso
Por favor quero ser seu acalento

Eu não vou mais resistir ao seu olhar
Porque
Dói, dói de mais ter você sem te tocar
Minha paz, são meus sonhos que me traz
Eu finjo ter um roteiro pro final

E o não saber só distrai esse porque
Que me aflora
Tentando entender
E então fiz essa canção
Te quero, o bem
E você assim me tem
Da arte do amor sou menino professor

Das minhas mãos jorram versos solução
o vento da os acordes que faltavam
o sol se vai me deixando as incertezas
meus pensamentos calejados pela noite
Me entorpecem afastando toda dor
Meus versos são gotas na multidão"


Eduardo Manciolli

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Avassalador ventre

    Avassalador ventre que me lançaste ao mundo perdido, que tentamos venda-lo em bruma e nevoeiro, não faço parte desse arranjo contraditório, nesse entoar de musica robusta que tornou nossas vidas lastimosas e sem brio, eu vejo por traz dos teus olhos sua alma fumegar exaurida, por saber que es tolo a espera desse grande porvir, e me entristeço ao saber que estes falsários contos saem dos teus lábios ruidosos.

Eduardo Manciolli

Gabarito OAB ( setembro 2009 )

Gabarito Liberdade
http://idamasio.com/gabaritooab/spbr/pdf/gabaritoSPBR.pdf

Devido a baixa qualidade dos outros gabaritos nao vou postar.
Tem apenas GABARITO PRÉVIO - CADERNO IGUALDADE com 10 questoes por enquanto, para matar a curiosidade.

by Professor Morgado


IGUALDADE

1 - C
2 - B
3 - C
4 - A
5 - D
6 - B
7 - A
8 - A
9 - B
10 -C

domingo, 13 de setembro de 2009

A "Louca" a "Surda" e a "Outra".

Conservar a morte certa, a louca, a surda e a outra.

Pense ver a certa clara imersa
Pense ver a surda insana
Pense ver a cura!!
Imersa e pura
Sinto a doce cura nua e escura

Quero verte ardente em meu berço ausente
Quero verte ausente em meu berço
Quero verte doente e latente
Que a doença caiba em minha sede
Que a cura caia e não só me caia
Quero vê-la febril e ardente
Que a chama espalhe sedenta
Que a cura esvaia o doente
Que a cura me caia ausente
Que a cura me caia

Borbulham em minhas veias o fogo que me deixa cego e ausente

Quero a surda, muda, quero o mudo, mudo
Quero tela ausente e freqüente
Quero te la na chama,
Quero te la na cama
Quero te la em meus poros
Quero cada poro infestado com seu suor
Quero te la nua, insana e pura
Quero ter a tua, quero ter a sua
Quero o progresso, navegar no regresso e acreditar na minha mente impura.

Eduardo Manciolli

sábado, 12 de setembro de 2009

A Arte do Não Saber

     Depois de estudar de todas as ciências, depois de provar todas as religiosidades, descobri que todas as religiões, seitas e grupos imparciais, que todos estes estão interligados, pode ser que no percurso as linhas de pensamento se afastem ou mudem assombrosamente, mas no fim todos se aglutinam e se tornam um só, descobri também que não existe uma verdade ou verdades absolutas, a mágica, o jogo, o fatídico de tudo está no meio termo de tudo, nunca crispe os olhos para o que vê, o certo não é se avizinhar de desconfiança e negar tais “verdades”, isso porque as frases se abrem em diferentes tons isso depende do grau de evolução de cada um, então saiba digerir e acrescentar o pouco que seja de cada coisa, a mágica de tudo está no meio termo a chave para a sabedoria está lá criptografada e aberta a quem estiver preparado, e como eu digo a mágica está na arte do não saber ( o olhar com os olhos de quando criança ), pois o que sabemos enquanto “Homem”? Não preciso ir longe, o que sabemos enquanto “Homem”, acerca de nos mesmos? Quando digo acerca de nos mesmos não é que somos pouco a se entender, se desvendar os mistérios em si mesmo terá as chaves do universo, pois nós somos o que há de mágico, se descobrir a ti mesmo não precisaras mais caminhar, a arte do não saber nos toma como mágicos incógnitos e radiantes, o saber por si só nos destrói, nos tornamos doutos e enquanto “sábios” empobrecemos, pois não vemos mais o mundo como com os olhos de criança.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Desespero

O desespero,
o aceite,
o deleite,
as quinquilharias,
a vidraçaria,
e a sinergia

Sinto dentro de mim
um Eco,
ele entrar e sai
por todos os meus poros
e perturba meu ser

Um vazio completo me toma
me sinto como uma banheira enorme
numa casa velha, cheia de lembranças
e moveis indesejáveis,
amontoados por todos os cantos,
cortinas semi-vestidas e janelas entre abertas

O puro vazio,
um copo,
uma lata na rua,
uma garrafa na chuva,
um deus sem credo,
uma banheira polida de ópio e desejo,
poeira e solidão
completamente despido

as vezes me queixo
as vezes me deito
as vezes me aceito

As vezes acordo e gostaria que tudo fosse diferente, e que você estivesse ao meu lado.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Cupido Day

Hoje nos Twitter #CupidoDay!
Das 19 as 21 horas
pausa de 1 hora
Das 22 as 00 hs
Aproveitem para arrumar um Paquera novo, ou tirar a teia de aranha dos seus Followers.
@manciolli

Carta Capital

    As sementes sorridentes que planto em meu feitio quase sempre feito do desfeito, quero me poupar e somente poupar aos meus próximos quero ter a fresta que rasga meu lúcido recurso, quero o selo da dor em molde e figurado, quero a extrema arrogância de minha intolerância reprimida na fonte de um sexto “quinteto”, a forma e o som que entôo é quase sempre irracional e passional, as mesmices as quais me deparo pelo caminho tolo e incumbido de dispersão maciça de uma fonte divina e quadrúpede, as centelhas de esmero repurgam um vomito sucumbido que me cai em âmbito quase sempre reluzente, os quadríceps de tua alma são os resquícios de meus rabiscos a forma e a vida que respira é quase sempre impassível de ternura, as vezes penso e existo, as vezes penso e desapareço a força e a hermética aplicada na impaciente alma furta todos os caprichos de uma atitude, as queixas e queixumes dos capciosos e facínoras que me rodeiam aplicam a mim a forma retrátil de ódio e emprego de força.
Blog manciolli no ar